Bem-vindos à nossa comunidade!

Junte-se a nós e faça parte hoje mesmo!

"Cegueira" de Código

Raquel

Membro
Cadastro
24/9/20
Postagens
168
Curtidas
169
Pontuação
100
Com certeza vocês já tiveram uma situação parecida com a seguinte:

Depois de horas trabalhando num mesmo código, você se vê diante de um erro que não consegue enxergar de maneira alguma; já passou a vista pelo código inteiro, várias e várias vezes e não consegue encontrar o que pode estar errado. Até que você decide finalmente recorrer a um colega seu para revisar o seu código e te ajudar a encontrar, e este encontra rapidinho: você esqueceu um ponto-e-vírgula em algum lugar. Mas como raios ele encontrou tão rápido?

Isso acontece muito frequentemente, e eu - pessoalmente - batizei esse fenômeno de "cegueira de código". Os seus olhos já estão tão acostumados àquele código, você tá encarando aquilo ali há horas, que não enxerga os mínimos detalhes; por isso que uma pessoa que chegou recentemente, com os olhos "descansados" consegue enxergar o problema muito mais rapidamente do que você.

Uma alternativa para evitar isso é a de parar de martelar aquele problema!

Faça uma pausa, vá assistir alguns vídeos, um filme talvez, fazer um lanche, ou até dormir e tentar no dia seguinte, ou algum tempo depois. Quando a sua mente e os seus olhos estiverem descansados, você encontrará problemas nos códigos muito mais rapidamente, e até poderá pensar em alternativas para resolver alguma função que você queria incorporar, muito mais facilmente!
 

Nilo

Membro
Cadastro
23/12/20
Postagens
28
Curtidas
64
Pontuação
54
Cidade
Brasília
Deixa eu dar um pitaco no assunto, @Raquel

Instintivamente a gente tende a achar que o problema fica mais ou menos no lugar X da codificação, o que nem sempre é verdade. Muitas vezes esta parte do código onde a gente procura o erro não tem erro nenhum. O erro vem de outro ponto do programa, que a gente não olhou porque acha que o erro é "por aqui".

Concordo contigo: uma pausa às vezes é a solução.

Uma história curiosa: certa vez, há uns 30 anos atrás, eu estava com problema em um programa Cobol (já dá prá notar que sou velho, né?). Depois de brigar o dia inteiro com o programa fui para casa. Durante a noite, dormindo, sonhei que estava olhando o maldito programa e tinha achado o erro. Cheguei no trabalho na manhã seguinte e fui olhar o programa. O erro estava lá, onde eu tinha sonhado.

A cabeça da gente não para nunca, nem dormindo.
 

Raquel

Membro
Cadastro
24/9/20
Postagens
168
Curtidas
169
Pontuação
100
Deixa eu dar um pitaco no assunto, @Raquel

Instintivamente a gente tende a achar que o problema fica mais ou menos no lugar X da codificação, o que nem sempre é verdade. Muitas vezes esta parte do código onde a gente procura o erro não tem erro nenhum. O erro vem de outro ponto do programa, que a gente não olhou porque acha que o erro é "por aqui".

Concordo contigo: uma pausa às vezes é a solução.

Uma história curiosa: certa vez, há uns 30 anos atrás, eu estava com problema em um programa Cobol (já dá prá notar que sou velho, né?). Depois de brigar o dia inteiro com o programa fui para casa. Durante a noite, dormindo, sonhei que estava olhando o maldito programa e tinha achado o erro. Cheguei no trabalho na manhã seguinte e fui olhar o programa. O erro estava lá, onde eu tinha sonhado.

A cabeça da gente não para nunca, nem dormindo.
Justamente! Essa coisa de fazer uma pausa e ir se distrair é uma boa porque o nosso cérebro não para de trabalhar nos problemas, e a solução vem dos cantos mais inusitados. Quantos códigos da faculdade não já resolvi encarando um canto de parede fixamente, quase dava pra ver as engrenagens se mexendo por dentro hahaha
 

Wivson Machado

Novo Membro
Cadastro
28/12/20
Postagens
8
Curtidas
10
Pontuação
19
Cidade
Niterói
Justamente! Essa coisa de fazer uma pausa e ir se distrair é uma boa porque o nosso cérebro não para de trabalhar nos problemas, e a solução vem dos cantos mais inusitados. Quantos códigos da faculdade não já resolvi encarando um canto de parede fixamente, quase dava pra ver as engrenagens se mexendo por dentro hahaha

Você sai da frente da tela, mas o código não sai da cabeça... Essa pausa é fundamental para achar erros e principalmente resolver aquela lógica que não está funcionando, certa vez resolvi uma lógica dirigindo na estrada, tive que parar o carro, anotar o que eu estava pensando pra quando chegasse em casa colocar no código... e adivinhem? funcionou de primeira. kkkkk
 

Raquel

Membro
Cadastro
24/9/20
Postagens
168
Curtidas
169
Pontuação
100
Você sai da frente da tela, mas o código não sai da cabeça... Essa pausa é fundamental para achar erros e principalmente resolver aquela lógica que não está funcionando, certa vez resolvi uma lógica dirigindo na estrada, tive que parar o carro, anotar o que eu estava pensando pra quando chegasse em casa colocar no código... e adivinhem? funcionou de primeira. kkkkk
Caraca, eu geralmente tenho essas epifania fazendo alguma coisa monótona tipo lavar o cabelo, cuidado com essas coisa no meio da estrada e principalmente enquanto está dirigindo! Kkkkkk
 

Wivson Machado

Novo Membro
Cadastro
28/12/20
Postagens
8
Curtidas
10
Pontuação
19
Cidade
Niterói
Caraca, eu geralmente tenho essas epifania fazendo alguma coisa monótona tipo lavar o cabelo, cuidado com essas coisa no meio da estrada e principalmente enquanto está dirigindo! Kkkkkk
Hahahaha as vezes é inevitável, 4 horas de estrada... sozinho no carro, as vezes a solução vem!
 
Top